quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Da Gente que eu Gosto

"Antes de mais nada gosto da gente que vibra,
que não é necessário empurrar,
que não se tem que dizer que faça as coisas e
que sabem o que tem que ser feito e o fazem em
menos tempo que o esperado.
Gosto da gente com capacidade de medir as
consequências de suas acções.
A gente que não deixa as soluções para a sorte decidir.
Gosto da gente exigente com seu pessoal e consigo
mesma, mas que não perde de vista que somos
humanos e que podemo-nos equivocar.
Gosto da gente que pensa que o trabalho em equipa
entre amigos produz às vezes mais que os caóticos
esforços individuais.
Gosto da gente que sabe da importância da alegria.
Gosto da gente sincera e franca, capaz de opor-se
com argumentos serenos e racionais às decisões de
seus superiores.
Gosto da gente de critério, a que não sente vergonha de
reconhecer que não conhece algo ou que se enganou.
Gosto da gente que ao aceitar seus erros, se esforça
genuinamente por não voltar a cometê-los.
Gosto da gente capaz de criticar-me construtivamente
e sem rodeios: a essas pessoas as chamo de meus amigos.
Gosto da gente fiel e persistente e que não descansa
quando se trata de alcançar objectivos e ideais.
Gosto da gente que trabalha para lograr bons resultados.
Com gente como esta, me comprometo a tudo, já que por
ter esta gente ao meu lado me dou por satisfeito."

Mario Benedetti.

5 comentários:

Alessandra disse...

Lindo texto!

Adoro o nome do seu blog, acho um dos mais criativos...esse trocadilho com o seu nome...ficou ótimo!

Bjocas,
Ale

Fatima disse...

Ótimo texto!
Sou muito parecida com essa "gente" ai.Rsrsrsrs
Bjs.

Cris França disse...

também adoooorooooo...rsrs bjs querida!

Jorge disse...

Sara!!!
Muito bom o texto. Encontrar pessoa assim, significa que encontrou um tesouro.

Um beijo em teu lindo coração,
Jorge

Jorge disse...

Olá, eu de novo, Sara!

Tem mais um selo para a sua coleção.
Passa lá no blog, tá bom?

Com carinho,
Jorge