sábado, 21 de agosto de 2010

Um jeito que é só seu...


Há um jeito que é só seu de semear o bem.
Há pessoas precisando de quem lhes rasgue novos horizontes.
Se tem sabedoria para falar, fale!
Se tem o dom de ouvir, ouça!
Há pessoas precisando falar para reorganizar os pensamentos e sentimentos.
Se tem o dom de enxergar os talentos alheios, enalteça-os!
Há pessoas que desabrocham por conta de alguém que lhes reconheça um dom.
Se tem o discernimento o bastante para fazer uma observação construtiva, faça-a!
Há pessoas persistindo no mesmo erro, por falta de alguém que as alerte com carinho e firmeza.
Tenha em mente que o maior bem a ser semeado começa dentro do lar.
Se você não tem vocação para engajar-se em movimentos filantrópicos de grande alcance, oferte a sua canção, a sua poesia, a sua hospitalidade, aquele prato que ninguém sabe fazer igual.
Oferte a sua diplomacia, a sua liderança ou a sua capacidade de atuar em segundo plano para o bem comum.
Oferte o seu talento para contar piadas e fazer rir. 
A sua ternura natural no trato com crianças, idosos ou animais.
A sua capacidade de manter o sangue frio nas horas de crise, quando todos em sua volta desabam.
A sua paciência de permanecer num hospital ao lado de um enfermo terminal, ou de varar a noite num velório, naquela hora crítica em que todos vão embora.
Há um jeito que é só seu e todo seu, mesmo que seja ofertar uma flor sem ser dia de nada.
Mesmo que seja uma prece sincera feita no silêncio do seu quarto.
Na contabilidade Divina, pouco importa se o seu jeito de semear o bem vai alcançar uma criatura ou milhões de criaturas.
Você está fazendo a sua parte, de um jeito que é só seu.
É isto que realmente importa!

Autoria Desconhecida.

6 comentários:

Fatima disse...

Você está fazendo a sua parte, de um jeito que é só seu.
É isto que realmente importa!

Não é uma grande verdade?!
Bjs.

Claudiaroma disse...

É isto aí, minha amiga!!! fazer a nossa parte bem feita e acreditar no processo da vida! podemos escolher o que vamos semear, mas a colheita é obrigatória...bjs

Claudiaroma disse...

Lindo demaisssssssss

j maria castanho disse...

Sonho Aceso no Regresso Ansiado
(SARA)

Poema épico é resistir, é sobreviver
Estar dois dias sem te ver dói fundo
Amarga pior que a saudade milenar
Estica cada célula até ao fim do mundo
Rasga cada milímetro da alma até marear,
E perdido entre fogos na floresta cerrada
Entrar em pânico mal a respiração falte
O chão oscile, a voz de repente acalque.

Poema épico é vencer a solidão depois
Não enlouquecer se me chamas maluco,
Saber que cinco é a soma de três mais dois
Como dois é o um mais um desse cálculo
Em que cada de si é como para mim sois
A foz em delta da língua dita e anunciada
Anunciadora da verdade que na entrega há
Sem perda nenhuma porém muito desejada
Que dizer é amor que o mel da fala verterá
Se sobre o corpo este olhar dedicado seja
Brisa leve e morna se como ternura beija,
Socorro ante repetidas angústias capitosas
Sofrendo ainda a revelada alma das rosas...


Dos miosótis a erguerem-se do verde cálice
Marfim e porcelana de fino traço sob a luz
Sincopado aceno e riso anil da browser jus
Com que meus lábios afloram o teu vértice.

(Etiqueta: Sede Cristalina)
(capitosas, ou que sobem à cabeça, que estonteiam, que embriagam.)

Socorro Melo disse...

Oi, Sara!

Uma linda mensagem. Fiquei emocionada. E olha, é isso mesmo: cada um de nós tem uma habilidade, um jeito próprio, de amar, de servir, mesmo na sua quietude, e é bom saber que isso conta para o nosso aperfeiçoamento espiritual.

Um grande abraço
Socorro Melo

Leci Irene disse...

Sara,é linda a mensagem! Nós deveríamos sempre ter em mente que cda um tem seu jeito e com seu jeito participa lindamente da vida!