sexta-feira, 20 de maio de 2011

Surdez


Um Senhor preocupado com a surdez da esposa
procura um médico...
- Qual o problema de sua esposa?
- Surdez. Não ouve quase nada.
- Então o senhor vai fazer um teste com ela antes
de trazê-la aqui para uma consulta, este teste
facilitará o diagnóstico: Sem ela olhar, o senhor,
à certa distância, fala em tom normal, até perceber
à que distância ela consegue ouví-lo. E quando o
Sr. trazê-la aqui para a consulta me dirá à que
distância ela estava quando o ouviu, certo?
- Está certo!
À noite, quando a mulher preparava o jantar,
o velhote decidiu fazer o teste.
Mediu a distância que estava em relação
à mulher e pensou:
"Estou a 15 metros de distância. Vai ser agora!"
- Maria, o que temos para jantar?
Silêncio.
Aproxima-se à 10 metros:
- Maria, o que temos para jantar?
Silêncio.
Fica à uma distância de 5 metros:
- Maria, o que temos para jantar?
Silêncio.
Por fim, encosta-se às costas da mulher e
volta a perguntar:
- Maria! O que temos para jantar?
- Frango, caramba... É a quarta vez que eu respondo!!!

" Muitas vezes ao longo da Vida pensamos que as
deficiências são dos outros e não nossas..."

2 comentários:

Nectan Taurus disse...

Os outros são sempre os culpados....

Sara, Anjo mineira,
tem um pequeno selo, mas de grande significado "Este blog é apaixonante" te esperando no meu blog "Selos do Nectan". Espero que aceite este carinho.

Beijo

Edna disse...

Sara,como é comum a gente transferir aos outros o que são nossas defiências ou o que não gostamos em nós mesmos... prazer em conhecê-la! bjos