sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

Basta o essencial ...

 

"Já não tenho tempo para administrar melindres de pessoas, que apesar da idade cronológica, são imaturas. 
Detesto fazer acareação de desafetos. 
Quero viver ao lado de gente humana, muito humana; que sabe rir de seus tropeços, não se encanta com triunfos, não se considera eleita antes da hora, não foge de sua mortalidade. 
Caminhar perto de coisas e pessoas de verdade. 
O essencial faz a vida valer a pena. E para mim, basta o essencial."

Rubem Alves  (1933-2014)

2 comentários:

Silvia Salles disse...

Nossa Sara Adorei! Essa mensagem foi pra Mim! Estou vivendo esse Poema! É muito estranho...as pessoas São cada vez mais voluveis, mas sugestionaveis, mais complicadas, menos Humanas!
E é disso que preciso me fortalecer e ter por perto, de pessoas humanas!
Um bjo
Silvia Salles

Misturação - Ana Karla disse...

Isso é que é pensamento.
Xero